3.10.06

Novos festejos parisienses

"Os últimos confrontos registaram-se domingo à noite, nos Mureaux, a oeste da capital, quando polícias se lançaram em perseguição de um automóvel que recusara parar e depois detiveram o seu condutor.

Ao regressar à esquadra, o veículo da polícia foi cercado por perto de 250 pessoas «hostis e belicosas», segundo a polícia, que defrontaram as forças da ordem. (...)

O veículo da polícia foi incendiado e quatro agentes ficaram com as mãos queimadas na explosão de uma granada de gás lacrimogéneo atingida por uma pedrada.

Há duas semanas, durante o incidente mais grave deste tipo assinalado nos últimos meses, dois polícias foram feridos por cerca de 20 jovens num outro bairro difícil dos arredores de Paris. (...)

Notícia DD.

Coitados são pobres, excluídos, incompreendidos, revoltados, jovens, corajosos e muito à frente.