16.7.06

Porque é também o meu lado

Não ignoro o sangue e o vómito em ambas as mãos, mas quando tiver de escolher ( não sendo corajoso prefiro que seja na contra-espionagem, em salas de interrogatórios horas a fio) entre Israel e o outro mundo -do Hezbollah, do Irão e da Síria-, lutarei por Israel. Escolherei lutar por um sítio onde há putas, gays, democracia, pornografia, críticos, ciência, televisão. E não, não sou judeu, não acredito na profecia de Steiner.
Escrito por FNV, do Mar Salgado.